Total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Partícula solitária



Sinto-me apequenar-me mais e mais.
Ontem fui um grão de arroz.
Hoje infimo grão de areia,
cuja insignificância não afeta a imensidão do universo.

Como as estrelas que brilham alto no céu;
Queria virar pequeníssima partícula de luz a vagar pelo espaço;
Fazendo parte da composição de algo belo, grandioso e maior;
Algo com significado, algo que me trouxesse pertencimento e paz.

Nenhum comentário: