Total de visualizações de página

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Cardio-tangram



E seu abandonar a esperança, o que sobra?
Um tangram feito de um coração partido?
Um livro que pela metade foi lido?
Ou a lembrança do que deveria ser?

Um comentário:

Ivan Silva disse...

É isso aí, fazendo as oportunidades!