Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Despertar



Doce desencanto estende teu manto e me acorda sutil.
Beija-me voraz na despedida.. Parte ao amanhecer.
Reconheço agora a névoa úmida do despertar.
Ainda sinto o gosto dele, mas... é hora.
Hora de abrir os olhos.  

3 comentários:

Ivan Silva disse...

O cansaço se foi... Nada melhor do que recuperar as forças.

Alexandre Mendes disse...

Estava com saudade de ler coisa nova por aqui...
Li ao som de "nossa linda juventude" do 14 BIS, com a chuva descendo sobre a paisagem da janela, enquanto escurecia...um GOZO!

Marcos Alves Lopes disse...

Tô numa onda parecida!