Total de visualizações de página

sábado, 24 de setembro de 2011

Ponte





E de repente quando algo está perdido,
simplesmente começa a fazer todo o sentido.


O coração é forçado a compreender os erros,
e o que restou.... restou e mais nada.


Feito fumaça, névoa ou perfume que se dissipa no ar.
Como bala que dissolveu no céu da boca.... deixou um gosto bom que sumiu.....


Procurei várias vezes, pois eu queria te dar de verdade.
Mas, faltou.... faltou o seu querer bem, faltou o seu querer muito.....


Sumiu meu bem.... a nossa ponte caiu e você não tem mais um lar dentro de mim.







3 comentários:

Marcos Alves Lopes disse...

caralho! Que radical... A ponte caiu mesmo?

Alexandre Mendes disse...

Não dar valor a pessoa que ama. Vejo tantos casos por aí!
Tem ser humano que só valoriza quem o despreza.

Wagner Nyhyw disse...

Excelente. Tá se tornando uma mestra das metáforas...