Total de visualizações de página

terça-feira, 21 de junho de 2011

Sem freio




Posso ficar a tarde inteira aqui sorrindo,
enquanto você tenta descobrir o que se passa em minha mente.


Pra que tanto esforço para ter o que está ao alcance dos dedos?

Por que tanto medo de sentir algo tão excitante?

Posso ficar aqui a noite toda te olhando,
enquanto você tenta descobrir o que se passa em minha mente.

Pára de pensar demais e acelera o carro!
Gosto quando você me assusta e se pergunta se eu estou gostando.

Hoje, nós não vamos pisar no freio..... hoje você não vai se perguntar o que se passa em minha mente.

3 comentários:

Ivan Silva disse...

Ao invés de perguntar, fazer. É, vivenciar nos dá respostas.

Alexandre Mendes disse...

A sua poesia foi ilustrada com o seu sorriso, na foto ao lado.
Inspirador...instigante...
Fiquei sem freio, aqui!

Marcos Alves Lopes disse...

é bom agir de vez em quando! esquecer a poesia e voltar a ser um canino qualquer.