Total de visualizações de página

terça-feira, 28 de junho de 2011

Não acredito em fábulas




Uma moeda pelos seus pensamentos;
"O meu reino por um cavalo";
"Ao vencedor as batatas";
Duas moedas para pagar o Caronte;
Um beijo para quebrar o encanto;
Um abraço para mostrar carinho;
Trevo de sete folhas para dar sorte;
Um bússola para encontrar o sul e o norte;
Adeus para o que não se quer mais;
Bandeira branca para um tratado de paz; 
Fábulas só servem para ninar;
Mas, uma vida inteira é para errar, tropeçar, cair e levantar.

2 comentários:

Marcos Alves Lopes disse...

Gostei desse romantismo às avessas!!!

Alexandre Mendes disse...

Coisas da vida!