Total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Primeiro um beijo, depois vem a mordida

Não tenho paciência para coisas que me dão sono ou me aborreçam. Gosto de mistérios, mas aprecio as duras verdades sinceras. Quero aprender coisas que não conheço e desconhecer o que já sei. Quero o doce que fica amargo no fundo da língua, água salgada que arde a pele e vento frio que me aqueça. Se não me entende, não me aborreça! Não escrevo cartas, mas escrevo poemas, rimo letras, adjetivos e substantivos com o peso das palavras duras. Sou fã de todas as cores escuras, de beijos com mordida, do veneno da tua saliva e de tristes despedidas. Devora-te já, pois me decifrar é impossível!

Um comentário:

Long Haired Lady disse...

um dia alguém aparece e do nada consegue nos decifrar.